Observatório para a Sobredotação e Talento

 

Entidade Promotora
I ANEIS – Associação Nacional para o Estudo e Intervenção na Sobredotação

Financiador
I EEA Grants – Active Citizen Fund

Entidade Gestora
I Fundação Calouste Gulbenkian e a Fundação Bissaya Barreto

 

O projeto prevê a criação do Observatório para a Sobredotação e Talento e a capacitação em advocacy, enquanto plataforma de ONG e entidades públicas, que se confrontam ou se dedicam com as questões da sobredotação e talento.

A plataforma ambiciona que a temática da sobredotação, talento e altas capacidades sejam de domínio público e mobilizadora para alterações legislativas, desde logo na área educativa e social, junto de crianças e jovens com características de sobredotação e suas famílias, trabalhando nas múltiplas áreas da capacidade e de atividade intelectual, motora, académica, social, artística, mecânica e emocional, tendo em vista o desenvolvimento integral e a inclusão social e escolar destas crianças e jovens.

O Observatório para a Sobredotação e Talento (OST) será uma plataforma de ONG, comunidade educativa e académico/científica, de adesão gratuita e aberta a entidades nacionais e internacionais, com vista ao real conhecimento da situação da sobredotação em Portugal, centralização de instrumentos e boas-práticas de sinalização e intervenção a disponibilizar aos aderentes da plataforma e ao público em geral, e desenvolver ações capacitação de técnicos e docentes.

 

Parceiros
I Universidade Católica Portuguesa – Centro Regional de Braga
I ADOLESCERE – Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente
I Colégio Paulo VI / Gondensino, Lda

Âmbito Geográfico: Nacional

Área: Capacitação de ONG

Período de implementação: setembro 2020 – agosto 2022

Adesão e Contactos: observatorio@aneis.org

 

Cliping – Observatório para a Sobredotação e Talento

A ANEIS tem sido destaque nos órgãos de comunicação social, com o inicio de um projeto há muito ambicionado e pensado – Observatório para a […]

Share

 

Share