Historial

A Associação Nacional para o Estudo e a Intervenção na Sobredotação (ANEIS) foi criada em Dezembro de 1998 por iniciativa de professores, psicólogos e estudantes. Progressivamente, a ANEIS passou a contar com o apoio técnico de alguns académicos nas áreas da psicologia e das ciências da educação, assim como passou a integrar alguns pais.

Para os seus órgãos sociais foram designados associados de todo o País e, sobretudo, pessoas com ligação a esta temática, inclusive dirigentes de outras associações na área da Sobredotação.

Tem desenvolvido desde a sua criação um vasto leque de atividades e serviços, contando com o envolvimento de pais, professores, psicólogos, outros técnicos e interessados no tema, num trabalho de cooperação e parceria, de caráter voluntário.

Inicialmente sediada e centralizada em Braga, rapidamente esta associação criou diversas delegações distribuídas de Norte a Sul do País.

Simultaneamente, reconhecendo o papel e a representatividade dos pais na dinâmica e vida desta associação, constitui-se o Conselho Nacional de Pais da ANEIS (CNP), um órgão com autonomia e regulamento interno próprios, ainda que vinculado, obviamente, aos objetivos da ANEIS.

As principais atividades da ANEIS durante os primeiros anos de vigência incidiram em duas áreas:

  1. A formação dos seus próprios quadros;
  2. A sensibilizarão e formação de educadores, professores e pais.

Neste sentido, foram organizados diversos seminários e cursos de formação, a para de vários colóquios e debates organizados nas próprias escolas básicas e secundárias. Algumas comunicações dos seminários encontram-se publicadas.

Dos cursos de formação orientados por especialistas estrangeiros ficou-nos um espólio de documentação técnica e um conjunto de competências importantes a quem deseja investigar e intervir no domínio da identificação e do apoio educativo desenvolvimento dos alunos sobredotados.

Esta e outra documentação passou a integrar o espólio bibliográfico da ANEIS, disponível aos associados e interessados na temática da Sobredotação.

A sensibilização dos responsáveis educativos e da opinião pública em geral foi ainda consumada através de algumas notícias publicadas e presença em alguns programas nos media. Esta preocupação com a formação e a sensibilização de encarregados de educação e profissionais prolonga-se no presente. Assim, e já por solicitação de escolas e associações de pais e professores, várias iniciativas de formação / divulgação vão tendo lugar.

Em finais de 1999 a ANEIS foi avançando para a prestação de outros serviços técnicos às famílias e escolas:

  1. Consultadoria psicoeducacional,
  2. Identificação e avaliação,
  3. Consulta psicológica.

Até ao momento, foram realizados 15 congressos anuais, quer nacionais quer internacionais, contando com a presença de especialistas de renome internacional, que colocam a ANEIS no panorama internacional, como um parceiro especialista na investigação e na intervenção.

logo12115937_829271173854895_1873548488043756180_n

(logotipo inicial e a nova imagem aprovada em 2015)

Nos dias 13 e 14 de Maio, realizou-se Congresso Internacional da ANEIS 2016, sob o tema “Sobredotação: Saberes Consolidados e Desenvolvimentos Promissores”, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade de Coimbra, contando com oradores convidados e comissão científica composta por especialistas de todo o mundo.

FacebookTwitterGoogle+Partilhar